Apimente seu cardápio

Publicado em 14 de agosto de 2007, terça-feira.

Pimenta para prevenir doenças

Por ser antioxidante, rica em flavonóides e vitamina C, a pimenta pode ainda reduz o risco de doenças crônicas como câncer de próstata, catarata, diabetes e Alzheimer. Ela é capaz de limpar o sangue removendo as substâncias tóxicas que vêm da alimentação e da poluição. E mais! Recentes pesquisas comprovaram que a pimenta possui até mesmo propriedades anticâncer. Um editorial do Jornal do Instituto Nacional do Câncer dos Estados Unidos mostrou que a capsaicina pode fazer com que células tumorais se autodestruam.

Pimenta para emagrecer

A pimenta pode fazer você emagrecer de verdade, acredite! Isso porque ela auxilia na diminuição do apetite, reduzindo aqueles impulsos por doces e besteirinhas e, por isso, sendo muito útil no tratamento da obesidade. Vai uma pimentinha aí? Pesquisas científicas também mostraram que o uso da pimenta vermelha durante as refeições proporciona um aumento da liberação noradrenalina e adrenalina no sistema nervoso. Com isso, há uma diminuição do apetite e da ingestão de calorias. Além disso, a pimenta acelera o metabolismo e, assim, faz com que se queime mais calorias. Isso ocorre porque os capsaicinóides, que são substâncias responsáveis pelo ardor do alimento, elevam a temperatura corporal. E para o organismo mantê-la a mais ou menos 36,5 graus (considerada a temperatura normal), o corpo gasta energia. Por isso que chamamos os capsaicinóides de termogênicos.

Pimenta para auxiliar na digestão

As substâncias picantes das pimentas (capsaicina e piperina) também melhoram a digestão, pois:

- Estimulam as secreções do estômago;
- Possuem efeito anti-flatulência;
- Estimulam a circulação no estômago;
- Favorecem a cicatrização de feridas (úlceras).

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.