Alimentos Afrodisíacos

Publicado em 26 de junho de 2008, quinta-feira.

São aqueles agentes químicos ou odores que estimulam o desejo sexual ou que elevam a potência masculina. São milhares as substâncias que contribuem para esta lista. Também acabam se incluindo neste termo os comportamentos, os objetos de vestuário e acessórios que instigam o apetite sexual e que mantêm ou prolongam a excitação.

O nome afrodisíaco deriva da deusa grega Afrodite, deusa relacionada ao amor em seus diversos aspectos. Entre elas, a imaginária popular receita, na Europa, o consumo de ostras e de cantáridas, na Ásia o de chifres de rinocerontes, no Brasil, o das chamadas garrafadas, bebidas energéticas à base de cachaça e plantas medicinais como a mairipuama, o guaraná, os ovos de codorna, o amendoim, o cipó-cravo, dentre outras.

Deve-se ficar ciente que, não existe nenhuma comprovação científica de que existem alimentos com qualquer tipo de componente que possa ter características afrodisíacas. Todas essas crenças nativas em relação a alimentos afrodisíacos são baseadas apenas em mitos.

Um exemplo são os ovos de codorna são considerados afrodisíacos devido a uma lenda criada de que como a codorna é um animal que diversas relações sexuais vezes em curto espaço de tempo, há quem acredite que esta "potência sexual" seria transmitida pelo espírito da codorna aos ovos por ela produzidos.

Os alimentos com propriedades comprovadamente energéticas como o guaraná, a catuaba, o chocolate e o amendoim contribuirão para o desempenho em toda e qualquer atividade física ou até mesmo mental. No caso estes alimentos por terem a característica energética, se acaso houver o ato sexual, que também se encaixa em uma atividade física, estará proporcionando mais energia para a prática, dependendo da quantia consumida.

Há outros alimentos considerados afrodisíacos devido à criatividade de algumas pessoas que associam a semelhança no formato de alguns alimentos com o de órgãos sexuais femininos ou masculinos (exemplos são o morango, a ostra e a banana).

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.