Como seguir uma dieta sem glúten?

Publicado em 26 de junho de 2008, quinta-feira.

Para que o paciente consiga ter uma dieta sadia, ele deve ter uma alimentação variada, composta por elementos ou nutrientes que o amparem a crescer, e a retirada do glúten não atrapalha o processo de desenvolvimento que se estende até a adolescência, desde que se substitua por outros alimentos sem glúten.

Os alimentos podem ser divididos em energéticos, construtores e reguladores, sendo que uma dieta equilibrada deve conter quantidades adequadas de todos eles.

Energéticos

Os energéticos são principalmente os carboidratos e os lipídeos. Eles nos dão energia para nossas atividades diárias e são responsáveis por manter a temperatura do corpo constante.

Carboidratos: São também conhecidos como açucares e podem ser pequenas como a sacarose, a lactose e a glicose ou maiores como a malto-dextrina e o amido. Encontramos os carboidratos em grandes quantidades no milho, arroz, aipim, mandioca, tapioca, araruta, batatas, feijões, lentilha, ervilha, grão de bico, açúcar, mel e outros.

Lipídeos ou gorduras: Além de serem ótimas fontes de energia, as gorduras são responsáveis por levar as vitaminas A, D, E, e K dos alimentos que ingerimos, até o interior de nosso corpo.

As gorduras estão no azeite de dendê, nos óleos vegetais (óleo de soja, de milho, de algodão, de canola, de girassol), nas margarinas, no creme vegetal, na banha de porco, na manteiga, no creme de leite, na gema de ovo e "camuflado" nas carnes de boi, frango, peixe, coelho, no presunto e maionese.

Construtores

Os elementos construtores são as proteínas. Elas garantem o perfeito funcionamento da pele, músculos, coração, visão, ossos e cérebro. As proteínas podem estar em alimentos de origem:

Animal: São aproveitadas de uma melhor forma pelo nosso corpo e por isto chamadas de alto valor biológico. Encontradas na carne, no pescado, no fígado de boi e de frango, na dobradinha, nos ovos, no leite e seus derivados (coalhada, iogurte e queijos).

Vegetal: Muito importantes na nossa alimentação e estão presentes no feijão, na sopa, ervilha, grão de bico, entre outros.

Reguladores

No grupo dos alimentos reguladores estão as Vitaminas, os Sais minerais, as Fibras e a Água.

Vitaminas: São em grande número em nosso organismo. Não as produzimos e nenhum alimento possui todas elas; por isto é que a nossa dieta deve conter os mais variados alimentos, na medida do possível. Cada vitamina tem uma função certa, mas de um modo geral, são importantes para manter nossa saúde em dia.

Sais Minerais: Dentre os componentes mais importantes de seu grupo, destacam-se o Cálcio, Ferro, Sódio, Potássio, Zinco, Iodo, Manganês e Cobre. Atuam na construção dos tecidos, na formação de ossos e dentes, nos nervos, coração, crescimento, etc.

Fibras: São componentes dos alimentos que o nosso organismo precisa para regular a função intestinal. Alguns alimentos sem glúten e ricos em fibras são as frutas (com casca), vegetais, feijões, lentilha, milho (verde, canjica ou pipoca), o mamão, uva-passa seca e ameixa preta.

Água: Necessária para diversas funções de nosso organismo, como lubrificação de articulações, das córneas, ajuda nas funções do intestino, faz parte da saliva, das lagrimas e meio de transporte para os nutrientes através do sangue e fora dele.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.