Como se barbear

Publicado em 1 de agosto de 2008, sexta-feira.

A maioria dos homens acha muito chato fazer a barba e condenam essa atividade já que para eles é um martírio ficar em frente ao espelho e ainda sofrer com pele ardida.

Será que já se perguntaram se utilizam os produtos adequados? Se que os usam corretamente? E os movimentos são certos ou, agridem a sua pele? Antes de qualquer coisa é preciso prestar atenção em duas coisas: Primeiro qual seu tipo de pele? Segundo seu tipo de barba? A pele pode ser classificada em três tipos principais: seca, normal e oleosa.

Normalmente as áreas com maior quantidade de pêlos a tendência é que a pele seja mais oleosa. Isso porque o pêlo, que nasce na derme que é a Segunda camada da pele, fica junto das glândulas sebáceas (que produzem gordura).

A barba é classificada em fina e grossa. Normalmente a barba fina é cresce em diversos sentidos, o que muito complica na hora de se barbear. E também é mais rala. A tendência da barba grossa é de nascer de maneira mais uniforme sendo assim mais difícil de ser cortada. Outra coisa: em geral a barba grossa é também abundante, ou seja, cerrada.

Algumas dicas:

1- Se você utiliza lâminas para se barbear prefira água morna já que ela amolece os pelos e não irrita sua pele;
2- Água quente poderá ressecar a pele, fragilizar fibras do tecido colágeno, o que em longo prazo significa flacidez e rugas.
3- Água fria também não é indicada, ela não amolece os fios e não facilita o deslizar da lamina a lâmina.
4- Uma boa opção e barbear-se embaixo do chuveiro onde a temperatura da água do banho ajuda a dilatar os poros amolecem os fios e a barba sai com mais facilidade.
5- Para espalhar a espuma de barbear use sempre a mão com movimentos leves, pois, alguns pincéis têm cerdas duras que podem agredir a pele causando mais desconforto.
6- Se você utiliza barbeador não passe com força apenas deslize o aparelho sobre seu rosto com movimentos leves.
7- Utilize sempre algum produto pós-barba de boa qualidade.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.