Lesão por esforço repetitivo (LER)

Publicado em 5 de agosto de 2008, terça-feira.

Denomina-se Lesão por Esforço Repetitivo ou simplesmente LER, a lesão causada pelo desempenho de atividade repetitiva e contínua, tais como tocar piano, dirigir caminhões, fazer crochê, digitação, etc. Na prática trata-se de um "acidente", sendo que a doença resultante pode ser caracterizada com diferentes nomes como síndrome do túnel do Carpo, tendinites, tenosinovites, etc. Alguns autores referem-se a Lesão Traumática Cumulativa como um sinônimo da LER.

A LER é uma lesão relacionada com a atividade da pessoa, e em alguns casos pode ser entendida como uma doença ocupacional, e ocorre sempre que houver incompatibilidade entre os requisitos físicos da atividade ou tarefa e a capacidade física do corpo humano. Alguns fatores de risco contribuem para a instalação desta lesão, dentre eles: movimentos repetitivos, tracionamentos, postura incorreta, içamento de pesos etc.

A LER, instala-se lentamente no organismo humano e muitas vezes passa despercebida ao longo de toda uma vida de trabalho; quando é percebida já existe um severo comprometimento da área afetada.

A digitação intensiva é uma das causas mais comuns da incidência da LER e é a que mais tem contribuído para o aumento do numero de casos de doenças ocupacionais.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.