Mulheres são maioria com problemas visuais

Publicado em 23 de junho de 2009, terça-feira.

Um estudo realizado no Brasil, durante oito meses com 960 pacientes - sendo 540 mulheres e 420 homens com idade entre 23 e 65 anos - demonstra que na população feminina os problemas visuais não relacionados à presbiopia e aos erros refrativos (miopia, astigmatismo e hipermetropia) são 50 por cento maiores do que entre homens.

A mulher brasileira está em metamorfose, já responde por mais de 40 por cento dos postos de trabalho e tem uma sobrevida maior que o homem segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Estas conquistas, porém, vieram acompanhadas do crescimento de algumas doenças como diabetes e hipertensão e fizeram crescer problemas na visão.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.