Cacau

Publicado em 30 de junho de 2007, sábado.

A árvore que dá origem ao fruto chamado cacau, de nome científico Theobroma cacao, popularmente chamado de cacaueiro, cacau, é da família Sterculiaceae, e sua origem da América Central e Sul. Pode alcançar até 6 metros de comprimento, pois possui duas fases de produção: temporão e safra, a propagação é por sementes, e planta de clima quente e úmido, o solo ideal é o argilo-arenoso.

Utilizado nas convalescenças como alimento energético, ataques anginosos, estimula as várias funções do aparelho urinário, é empregado nas fraquezas orgânicas e no esgotamento do corpo, rachaduras labial e bicos das mamas.

Utilidade Medicinal

O cacau usa-se particularmente na fabricação de chocolate. O cacau e o chocolate são utilizados nas convalescenças como alimentos energéticos. Em farmácias utilizam-se como corretivos de odores e do sabor em certas fórmulas de medicamentos. Suas propriedades farmacológicas e terapêuticas têm relação com as quantidades respectivas de teobromina e de cafeína.

A ação vasodilatadora da teobromina (alcalóide cristalino) sobre os vasos coronários e renais justifica o emprego como diurético e preventivo. Sua indicação, portanto é de competência médica. A teobromina tem um alto poder diurético. Sua polpa é utilizada fabricar doces e as sementes para produzir o vinho de cacau e outras bebidas. Tônico e adoçante, o cacau estimula as funções do aparelho urinário e combate às nefrites, as bronquites e certas doenças do coração.

A manteiga de cacau causa ótimos resultados quando é utilizada nas asperezas da pele causadas por frio e rachaduras dos lábios e bicos das mamas.

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.