A metamorfose masculina

Publicado em 3 de setembro de 2007, segunda-feira.

A revolução de costumes detonada nos anos 60 criou uma nova mulher - mais livre para concretizar seus desejos existenciais, profissionais e sexuais - e também um novo homem, de contornos pouco claros até alguns anos atrás. Explica-se: a princípio, destituídos dos papéis sociais rígidos a eles destinados, os homens ficaram perdidos, vulneráveis, como se lhes tivessem tirado o chão. Tanto que, nos anos 90, decretou-se a "crise do macho". Mas, assim como as mulheres foram à luta, eles também não se acomodaram na infelicidade. Empreenderam uma revolução menos barulhenta do que a feminina e hoje já se mostram mais à vontade no lugar que ocupam na sociedade moderna.

Um dos aspectos que mais chamam atenção é que o novo homem está começando a dar conta das ansiedades dela - a nova mulher. Apesar de todas as conquistas visíveis e dos avanços de mentalidade, boa parte das mulheres ainda se ressente de não cuidar em tempo integral dos filhos ou de não dar mais atenção à de era um traço da mulher. Um homem vaidoso não era visto com muito bons olhos. Sua condição masculina poderia estar na berlinda, ferindo sua susceptibilidade... Portanto, emagrecer seria sempre apenas por questões de saúde e nada mais. Foi-se o tempo desta afirmação hipócrita...E isto se deve - e muito - às mulheres. Os homens estão percebendo que vaidade não tem nada a ver com o sexo, e sim com o bem-estar da alma. Evidente que ainda há muita resistência, mas os homens estão percebendo que estar com uma aparência melhor e em dia com o espelho e o guarda-roupa demonstra um grande respeito pela saúde tanto física quanto emocional. Com isto todos ganham. A produtividade e vitalidade aumentam, provocando uma certa euforia interna que será revertida em bônus altamente positivos no convívio familiar, social e, principalmente, no trabalho. Estar de bem com o corpo e com a cabeça só poderá trazer coisas boas. Atualmente, o número de homens que vem buscando auxílio para emagrecer é muito grande. Uma recente pesquisa revelou que os homens já são responsáveis por 40% do faturamento nas lojas dos Shoppings Centers. Detalhe: no departamento de vestuário.

Esta é uma grande e gratificante notícia. Eles nos entendem...E agora, ainda mais... casa - isso quando há filhos ou casa a ser cuidados. Muitas vivem o dilema de escolher entre uma carreira e uma família. Pois bem, diante de tais angústias femininas, os homens até que estão se saindo bem. Há até as feministas que acham que o desempenho deles supera o delas. O machismo perdeu terreno e, no seu lugar, entrou a delicadeza. Embora o esporte preferido dos homens nunca vá ser discutir a relação, eles hoje estão mais atentos aos movimentos internos de suas companheiras e também se mostram mais participativos na vida familiar. Pais e filhos nunca estiveram tão próximos quanto hoje.

O número de homens que assistem ao parto de seus filhos mais que dobrou nos grandes hospitais nos últimos dez anos. Eles agora são uma presença constante em reuniões e festinhas de escola.

Várias pesquisas sobre o assunto indicam que os homens desempenham esse papel com gosto. Tabuladas as respostas, constatou-se que a maioria dos homens, quando cumpre essas atividades, sente-se mais viril.

Eles também relatam uma grande melhora na qualidade de vida. O contato mais íntimo com os filhos serviu de trampolim para o que os especialistas consideram a maior transformação masculina.

O amor que os homens aprenderam a dar e a receber de seus filhos fez com que eles tomassem contato com seus próprios sentimentos, sufocados durante séculos.

Homem agora não só pode chorar, como sentir-se frágil, com medo. Tanto que, nos últimos dez anos, o número de pacientes homens nos consultórios de psicoterapia e psicanálise cresceu cerca de 40%. Homem que é novo homem elabora. A reviravolta não se deu apenas no terreno das emoções.

Hoje, eles não sentem vergonha de mostrar-se vaidosos. Não está se falando aqui apenas do metrossexual, aquele homem de vaidade exagerada. Freud se perguntava, sem conseguir responder, o que queria, afinal, uma mulher. Uma parte da resposta já pode ser dada: ela quer um novo homem!

Copyright 2017 © Bem de Saúde - Todos os direitos reservados

As informações e sugestões contidas nesse site têm caráter meramente informativo, e não substituem o aconselhamento e o acompanhamento de médicos, dentistas, nutricionistas, psicólogos e profissionais de educação física.