Carqueja

26 de junho de 2007

Da família das Compostas, a Carqueja tem forma de arbusto subarbusto, e cresce em até um metro de altura. Suas folhas são substituídas por listras aladas, membranáceas e verdes, e acompanham as hastes em toda extensão. Seu habitat é os lugares úmidos, nos barrancos dos rios e etc.

A carqueja é utilizada em forma de chá, em caso de anemia, cálculo biliar, diarréia, enfermidades do baço, da bexiga, do fígado, dos rins, má digestão, má circulação sanguínea, inflamação das vias urinárias, diabetes. Por ter efeito dissolvente, diurético, depurativo, a carqueja serve muito também nos casos de: gota, reumatismo, feridas, chagas venéreas, e mesmo em casos de lepra.


Para estes fins além de tomar o chá da carqueja, também pode ser feitos abluções com um decocção forte dessa planta, sobre as partes afetadas. As carquejas também servem para o tratamento em anginas e inflamações de garganta, casos que se fazem gargarejos com o decocto da planta.

Redação Bem de Saúde

[ imprimir ] [ recomende este artigo ]