Cuidados com a postura

16 de julho de 2008

Se preocupar com a postura é uma atitude que promove a saúde, mantém o bem-estar e ajuda a combater muitas lesões posturais.

A má postura leva inicialmente a dor e depois a uma deformidade que pode tornar-se irreversível, se não for tratada.


Existem três desvios na coluna que são: escoliose, cifose e lordose. Estes podem ser congênitos ou adquiridos. São problemas físicos que podem ser tratados conservadoramente com fisioterapia e/ou coletes, ou, quando o caso requer, com tratamento cirúrgico.

Para se ter uma postura correta é preciso praticar atividade física regularmente, corrigir sempre a própria postura nas atividades diárias domésticas e/ou profissionais, mantendo a coluna ereta o tempo todo.

Prevenção

Vale chamar a atenção para a postura ao andar ou ficar de pé. A dica é permanecer com a barriga rígida e ter a impressão que se tem um “ganchinho” no teto suspendendo a cabeça para o alto mantendo o queixo afastado do peito.

A posição sentada é a posição mais freqüentemente adotada pela maioria das pessoas nas atividades profissionais, domésticas e no lazer. Pessoas que passam longos períodos sentadas sofrem mais de dor nas costas do que pessoas que se movimentam mais. Desta forma, é importante considerar como ficamos sentados, que tipo de cadeiras utilizamos e o que podemos fazer para prevenir a dor nas costas.

Para se levantar, alguns cuidados também devem ser tomados: inclinar o corpo para frente sem tencionar os músculos do pescoço e costas, estender os joelhos enquanto leva a cabeça e o tronco para frente e para cima, até chegar à posição em pé.

Tratamento

O fisioterapeuta é o profissional capacitado para tratar da dor nas costas. O tratamento consiste não só em uma avaliação postural do paciente, como também o alívio da dor por meio de recursos físicos como manipulações, alongamentos, exercícios, massagem, calor, eletroterapia, crioterapia, biofeedback, etc., e através de um histórico fornecido pelo paciente determinar quais os fatores mecânicos que estão provocando a dor.

A partir dos dados da avaliação, o terapeuta vai traçar um programa de tratamento visando a melhora das condições físicas, funcionais e posturais do paciente. Uma avaliação cuidadosa do ambiente doméstico e do trabalho também faz parte do tratamento, juntamente com orientações quanto à ergonomia dos móveis e instrumentos de trabalho. A análise dos padrões motores usados nas execuções das tarefas diárias e hábitos é importante para a reeducação motora, isto é, de como usar bem o corpo na prevenção de futuros traumas. Após o alívio da dor e das principais alterações físicas, o fisioterapeuta vai indicar as formas de condicionamento físico mais indicadas para o paciente, a fim de melhorar a sua aptidão física e assim, evitar novos episódios de dor nas costas.

A Dra. Mariana é formada em julho de 2007 pela Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) e trabalha, desde os tempos da faculdade, na área da dermato-funcional e distúrbios da coluna. Clique aqui para conhecer nosso especialista.

[ imprimir ] [ recomende este artigo ]