O que é estresse

01 de julho de 2009

Estresse é uma reação do organismo com componentes psicológicos, físicos, mentais e hormonais que ocorre quando surge a necessidade de uma adaptação grande a um evento ou situação de importância. Este evento pode ser algo negativo ou positivo.

O estresse negativo é o estresse em excesso. Ocorre quando a pessoa ultrapassa seus limites e esgota sua capacidade de adaptação. O organismo fica destituído de nutrientes e a energia mental fica reduzida. Produtividade e capacidade de trabalho ficam muito prejudicadas. A qualidade de vida sofre danos. Posteriormente a pessoa pode vir a adoecer.


O estresse positivo é o estresse em sua fase inicial, a do alerta. O organismo produz adrenalina que dá ânimo, vigor e energia, fazendo a pessoa produzir mais e ser mais criativa. Ela pode passar por períodos em que dormir e descansar passa a não ter tanta importância. É a fase da produtividade. Ninguém consegue ficar em alerta por muito tempo, pois o estresse se transforma em excessivo quando dura demais.

O estresse ideal é quando a pessoa aprende o manejo do estresse e gerencia a fase de alerta de modo eficiente, alternando entre estar em alerta e sair de alerta. Para quem aprende a fazer isto o “céu é o limite”. O organismo precisa entrar em homeostase após uma permanência em alerta para que se recupere. Após a recuperação não há dano em entrar de novo em alerta. Se não há um período de recuperação, então, doenças começam a ocorrer, pois o organismo se exaure e o estresse fica excessivo.

O estresse pode ser excessivo porque o evento estressor é forte demais ou porque se prolonga em excesso.

O estresse e seus sintomas:

- queda de produtividade;
- confusão mental;
- apatia;
- dificuldade de concentração;
- sensação de desgaste ao acordar;
- auto-estima baixa;
- dificuldade com a memória;
- depressão e irritabilidade acima do justificável.

Os sintomas físicos do estresse:

- tensão muscular;
- dores de cabeça;
- dores de estômago ou gastrite;
- pressão alta;
- herpes;
- taquicardia;
- problemas dermatológicos;
- aftas, retração das gengivas;
- resfriados;
- tonturas;
- infecções.

Outros sintomas ocasionados pelo estresse:

- acidentes de carro;
- derrubar documentos ou objetos;
- sentir-se desnorteado em lugares conhecidos;
- esbarrar em paredes ou objetos;
- perder objetos;
- pequenos acidentes (cortes, etc.).

Pontos para refletir quanto ao levantamento de sintomas do estresse:

- Quanto mais sintomas assinalados, mais intenso está o seu nível de tensão;
- Verifique se seus sintomas são mais de um tipo ou de outro;
- Qual deles mais o preocupa?
- A quais deveria dar atenção imediata?
- Que problemas de saúde futuros esses sintomas podem lhe acarretar?
- Que ações você pode tomar para eliminar alguns destes sintomas?

A Dra. Josiane Buratto é graduada em Psicologia, com formação em Psicanálise e Pós graduada em Obesidade e Emagrecimento. Clique aqui para conhecer nosso especialista.

[ imprimir ] [ recomende este artigo ]