Uso medicinal do Gengibre

27 de setembro de 2007

O gengibre é uma das mais antigas plantas do mundo. Suas propriedades medicinais são resultado da ação de várias substâncias, especialmente do óleo essencial que contém canfeno, felandreno, zingibereno e zingerona.

No mundo inteiro, o chá de gengibre, é feito com pedaços do rizoma fervido em água potável, onde é utilizado no tratamento da gripe, tosse, resfriado e até ressaca. Com Banhos e compressas quente de gengibre é indicado para aliviar os sintomas de gota, artrite, dor de cabeça e na coluna, também diminui a congestão nasal, cólicas menstruais e alguns tipos de câncer.


Antigamente, o gengibre era utilizado na produção de xaropes para curar dores de garganta. Tem ação anti-séptica que pode ser a responsável pela fama, tanto que muitos profissionais que usam a voz, falam que um dos seus segredos para cuidar da voz é mastigar lentamente um pedaço de gengibre. No entanto, esse hábito é contra-indicado por que o gengibre possui também propriedades anestésicas e esta anestesia tópica diminui bastante o controle da emissão vocal.

Em vários países, são feitas massagens com óleo de gengibre é um tratamento tradicional e famoso para problemas de coluna e articulações.

Além, dessas várias propriedades o gengibre é bactericida, desintoxicante e alguns estudiosos dizem que o gengibre é afrodisíaco.

Recentemente, o Gengibre foi reconhecido por sua ação sobre o sistema digestivo, tornando-a muito indicada para evitar enjôos e náuseas, confirmando alguns dos seus usos populares, onde o gengibre é indicado na digestão de alimentos gordurosos.

Redação Bem de Saúde

[ imprimir ] [ recomende este artigo ]