Vinhoterapia previne o envelhecimento

16 de outubro de 2007

De cremes à base de uvas malbec a perfumes elaborados com champanhe, há uma série de produtos que podem ser encontrados em centros de beleza e até “wine spas”. A vinhoterapia se desenvolve a passos largos. Os especialistas asseguram que essa técnica previne o envelhecimento das células, hidrata a pele e até tonifica os músculos.

Logo após sair de um banho com esses produtos, que tem duração de meia hora, a pele já está muito macia. O efeito é imediato. É feita uma esfoliação de meia hora antes de a pessoa entrar em uma banheira com uma esteira de ozônio munida com 600 jatos de onde saem os produtos à base de uvas. Após meia hora com o corpo todo submerso, a pele já sente os efeitos. O vinho não faz bem à pele, o que faz bem são os polifenóis, o componente da uva, com os quais são feitos os produtos.


Polifenóis

Na Antiga Grécia, ao vinho eram atribuídas propriedades curativas para o corpo e para a alma. E, aparentemente, os gregos não estavam enganados. Atualmente, cada vez mais companhias e centros de beleza desenvolvem tratamentos vinhoterápicos com produtos que, segundo os especialistas, têm um poderoso efeito rejuvenescedor.

Na vinhoterapia, o segredo do sucesso tem nome: os polifenóis, um componente da uva cujo poder antioxidante supera em cem vezes o da vitamina E, muito utilizada em cosméticos.

Para os especialistas, essa qualidade do vinho faz com que os tratamentos baseados nessa bebida retardem o envelhecimento das células, hidratem a pele, tonifiquem os músculos e melhorem a aparência dos glúteos e do abdômen. As marcas que comercializam esse tipo de produto asseguram que os cremes e as emulsões destinadas à vinhoterapia “hidratam a pele em profundidade, dão brilho, protegem as fibras de sustentação da pele, desintoxicam os tecidos e melhoram a circulação”.

Os agentes desses produtos são os polifenóis e bioflavonóides: antioxidantes naturais que previnem o envelhecimento da pele e a protegem da agressão do meio ambiente e da fumaça. Outro segredo que faz parte dos produtos usados na vinhoterapia é o resveratrol, um polifenol que se concentra nos caroços principalmente da uva moscatel e que, segundo os especialistas, contribui para que a pele se torne mais elástica e jovem. Cada uva contém vitaminas A, C e várias do complexo B - que retardam o envelhecimento, eliminam toxinas e ajudam na regeneração do fígado -, ferro - que serve para evitar a anemia - tartaratos e sulfato de potássio, que faz bem para os rins. Alguns especialistas também afirmam que as propriedades da uva ajudam a estabilizar as fibras sobre as artérias e reduzem o risco câncer.

Redação Bem de Saúde

[ imprimir ] [ recomende este artigo ]